Desafio Flex de Inovação 2022

O ano de 2022 foi marcado pelo aumento de Universidades participantes, foram 25 Universidades no total, também pela introdução de cursos livres na etapa de capacitação (Bootcamp) e o sistema de apadrinhamento, onde ex-finalistas, professores e coordenadores das universidades nos ajudaram a encontrar mais grupos e projetos. Em parceria com aceleradoras, investidores e parceiros, o Instituto de Tecnologia da Flex (FIT), fez acontecer a terceira edição do evento que, dividido em três partes, teve a primeira fase online, o BootCamp, e as duas posteriores, a Rocket Week e AtmosFeras, presencialmente, no Product Innovation Center (PIC) em Sorocaba.

Também vale destacar que nessa edição todos os finalistas ganharam pelo menos R$ 1.000,00.

A dinâmica do evento é bem simples. Depois da primeira seleção, acontece o BootCamp, que são três dias de palestras e workshops online, a fim de capacitar os participantes para a próxima etapa. Quando finalizado o BootCamp, acontece a segunda seleção, onde será decidido quais projetos irão participar da segunda fase do evento, a Rocket Week, que são quatro dias de Hackathon presencial em que os times recebem todo o apoio e suporte da equipe de Inovação para evoluir o projeto o máximo que conseguirem. Por fim, chega a última fase do evento, o AtmosFeras, um dia de Demo Day, no qual os selecionados apresentam os projetos para os jurados, que irão decidir quais serão os sete projetos que levarão o prêmio para casa.

O Desafio Inovação está sempre descobrindo novos talentos e dessa vez não foi diferente. As inscrições, contaram com mais de 100 projetos e 300 participantes. A primeira seleção ocorreu, e deixou na disputa 67 projetos. Após o encerramento do BootCamp, foram apenas 12 times para a Rocket Week, dando o prêmio de 52 mil reais para 7 vencedores do AtmosFeras.

Ganhadores

1º Lugar: Cacau Hightech (UESC)

O Cacau Hightech (UESC) é uma startup desenvolvida pelos integrantes Geovana Pires​, Felipe Antunes​, José Carlos de Camargo​, Iago Cruz​ e o padrinho Eduardo Palmeira. Um projeto que realiza a classificação (normal ou premium) através de Inteligência Artificial, para isso acontecer o time criou além do algorítimo de classificação um equipamento corta individualmente cada amêndoa e tira fotos da parte interna.

2º Lugar: OnçaSAT (IMT)

O time OnçaSAT (Instituto Mauá de Tecnologia) é composto pelos alunos Caio Rabinovich Panes Brunholi, Letícia Tavore de Lima, Sarah Silvestre e o padrinho Fernando de Almeida Martins. O projeto OnçaSat propõe o desenvolvimento de um CubeSat (nano-satélite) com comunicação LoRa, criando uma plataforma de comunicação inovadora que pode ser utilizada de diversas formas, o time trouxe como exemplo o rastreio de onças pintadas.

3º Lugar: SAMEDU (FACENS)

O SAMEDU é composto pelos estudantes Kaliny Fernanda dos Santos Camargo, Simei Barros Rosa, Wallacy Rychard Sousa Cabral e o padrinho (Samuel Oliveira). A SAMEDU é uma Edtech, baseada no 4º ODS (Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU), Educação de Qualidade, e nossa missão consiste em democratizar a educação através de metodologias ativas. Buscamos inovar o conceito de robótica na educação utilizando materiais recicláveis, como matéria prima, defendendo sempre a preservação do meio ambiente e utilizando meios sustentáveis. Nosso time busca romper as fronteiras geográficas para levar às escolas conhecimento e aprendizado, pois acreditamos que a tecnologia é a chave para uma educação mais inclusiva e de qualidade!

4º Lugar: BioCoffee (UNESP)

A equipe BioCoffee é composta pelos integrantes Lucas Eduardo Amore Fenz, Milene da Silva e pelo padrinho (Paulo Amaral). O BioCoffee é um fermentador de café de baixo custo, que monitora, controla e disponibiliza, via IoT, os principais parâmetros relacionados à fermentação, como temperatura e PH do biorreator. Pensando nos pequenos produtores, o produto terá vários níveis de personalização, se enquadrando na realidade de cada um, já que acesso à redes telefônicas e internet sem fio podem ser limitadas.

5º Lugar: Baja Agro (FACENS)

O Baja Agro é composto pelos alunos Matheus José da Silva, Giovanna Souza Pereira dos Santos, Gabriel Rodrigues de Campos e pelo padrinho João Vitor Valentin Arruda. Como a agricultura é a principal atividade de subsistência humana, decidimos unir o projeto do Baja ao agronegócio, sua importância visa na diminuição dos custos de manutenção de maquinários e aplicação de agroquímicos em lavouras, reduzindo principalmente os riscos de compactação do solo, que ocasiona na minimização da porosidade do solo dificultando a penetração de nutrientes e água, e morte de animais devido ao seu tamanho, causando uma melhora na qualidade de produção, por ser um Baja adaptado ele tem a possibilidade multiuso para diversas funcionalidades na colheita, como pulverizadora, arado, transporte de insumos e equipamentos, além da capacidade de locomoção nos mais variados terrenos e causando menos impactos ambientais, podendo ser utilizado por diversos tipos de produtores rurais, principalmente os de pequeno e médio porte.

6º Lugar: Schoolar (UNIFEI)

Time composto pelos alunos Leonardo Elias Pereira, Frederik Silva Sant'Ana, Valter Nilo Alcantara de Oliveira Junior e pela madrinha Eliana De Fatima Souza Salomon. Nossa solução é a "trilha do conhecimento", um tabuleiro interativo em RA interligando os 17 Objetivos das ODS relacionado diretamente com Base Nacional Comum Curricular (BNCC), e um aplicativo de dispositivo móvel em RA. Podendo ser usado como material direto em sala de aula ou material extra classe. A nossa solução visa utilizar metodologias ativas de ensino pautada nas filosofias construtivista/ construcionismo (Jean Piaget e Seymour Papert) e a Montessori (Maria Montessori) onde poderemos proporcionar, portanto, um maior senso crítico dos alunos, melhoramento cognitivo, atuação mais autodidata e maior motivação em aprender.

7º Lugar: Hora do Relaxamento VR (FACENS)

Time composto pelo aluno Leonardo Manoel Custodio e estudante de ensino médio Amanda Custodio. A HORA DO RELAXAMENTO VR é um produto gameficado que transporta os colaboradores para realidades diferentes, fazendo com que possam se desligar um pouco do estresse do trabalho e revigorar suas energias para continuar sua jornada.

Outros Finalistas:

  • ITA Robio (ITA)
  • FDS (ATHON)
  • Discovery Estufa (UNESP)
  • Descubra Data Science (UNIFEI)
  • EcoGlass (CEUNSP)

Galeria de fotos